Leitora Vadia

Resenhas e notícias sobre romances estrangeiros que aquecem o coração e as roupas íntimas


4 Comentários

Resenha: Silver Bastard (Silver Valley #1) de Joanna Wylde

23258847

Silver Bastard (Silver Valley #1) de Joanna Wylde

eBook

Editora: Berkley

Data de Lançamento: 7 de abril de 2015

Idioma: Inglês

Sinopse

Quatorze meses. Por 14 meses, Puck Redhouse estava em uma cela e manteve a boca fechada, protegendo Silver Bastards MC de seus inimigos. Daí ele estava livre, e chegou a hora de sua recompensa – afiliação no clube juntamente com uma festa para comemorar. Foi quando ele viu Becca Jones pela primeira vez e colocou tudo em movimento. Antes da noite terminar, ele violou sua liberdade condicional e roubou-a de tudo o que ela conhecia.

Cinco anos. Foi há cinco anos atrás que Puck destruiu Becca e salvou-a de tudo em uma noite. Ele a aterroriza desde então, mas ela é tem mais medo dos monstros que ele ainda protege-a… Mas Becca se recusa a deixar o medo controlá-la. Ela está vivendo sua vida e seguindo em frente, até que ela recebe um telefonema do passado que ela não consegue ignorar. Ela tem que voltar, e só há um homem que ela pode confiar para ir com ela, o motoqueiro ex-estelionatário que resgatou-a uma vez. Puck vai ajudá-la novamente, mas desta vez será em seus termos. Chega de mentiras, chega de lágrimas, e não mais impedir o que ele realmente quer …

********

Leitores e leitoras,

Silver Bastard é o primeiro livro de uma nova série da autora Joanna Wylde, autora da famosa série de livros Reapers MC.  O livro conta parte da história de Puck Redhouse e Becca Jones, dois jovens que se conhecem e se apaixonam em um ambiente grotesco e violento.

Logo após sair da prisão, onde ficou por quatorze meses, Puck participa de uma celebração organizada por amigos do clube de motocicleta que ele quer se afiliar. Nessa celebração, como recompensa por sua lealdade ao clube, ele torna-se membro do mesmo. Nessa mesma noite, ele também vê Becca, uma jovem garçonete do estabelecimento da celebração. O anfitrião do local, Teeny, oferece Becca para Puck satisfazer suas necessidades sexuais (Puck estava ligeiramente ansioso por esse momento depois de tantos meses sem sexo).

Só apenas no outro dia é que Puck percebe que algumas coisas estão muito erradas naquele lugar: Becca é, na verdade menor de idade e estava sendo obrigada a se prostituir por comando de seu padastro e cafetão Teeny, além de ser vítima frequente de abusos físicos e sexuais. 😮 É, leitores, chocante e assustador!

Após essa descoberta, Puck dá uma baita surra em Teeny e, com a ajuda da mãe de Becca, a “sequestra” daquele lugar. Becca termina indo morar com um simpático casal que a ajuda lidar com seus traumas e conquistar importantes metas como finalizar escola e investir em uma carreira.

Cinco anos depois de recomeço, Becca (agora com 21 anos) reecontra com Puck e antigas e confusas emoções ressurgem. Como gostar de alguém que fez parte de um passado que ela quer esquecer? Como não gostar da pessoa que salvou-a de uma vida miserável? Puck foi bandido e herói na vida de Becca, e lidar com essa contradição é parte da jornada emocional da heroína nesse livro. Adicionalmente, uma enorme atração física contribui para o desenvolvimento de uma paixão avassaladora entre Puck e Becca (e cenas para lá de picantes!!!). 😉

O enredo de Silver Bastard não foi muito original (bad boy + garota sofredora + familiares idiotas e usurpadores), entretanto a introdução do enredo da série Silver Valley pareceu-me fascinante. Ahn? Apesar de Silver Bastard, primeiro livro da série Silver Valley, ser protagonizado por um membro do Silver Bastard MC, a série não será focada no mundo MC (pelo menos é o que parece até agora).  O enredo da série parece ser focado em acontecimentos que afetam o desenvolvimento da região Silver Valley, e como interesses de diversos personagens (our grupos) podem afetar a vida das pessoas nessa região. Então, a série Silver Valley não é uma série de MCs per se, apesar dos Silver Bastard MC e Reapers MC serem grupos importantes para a trajetória da série e dos eventos na região.

Falando em Reapers MC, Silver Bastard apresenta algumas dicas do que está por vim em Reaper’s Fall (a história de Painter e Mel), e é EXCITANTE!! Eu terminei Silver Bastard com um crise de ansiedade estratosférica para ter em mãos o próximo livro da famosa série Reapers MC.

Em conclusão, Joanna Wylde é uma ótima autora, seus livros são sempre bem escritos. Se você, leitor/leitora, é fã de romances contemporâneos com motoqueiros bad boys (e já não leu dezenas desse tipo de enredo), Silver Bastard é definitivamente um boa leitura. O ponto negativo para mim foi não originalidade do enredo. Mas, como citei acima, o enredo da série promete histórias originais e fascinantes, portanto eu espero que os próximos livros sejam mais fascinantes.

Minha nota: C+

*******

Onde encontrar Silver Bastard (Silver Valley #1)? Clique AQUI

Anúncios


Deixe um comentário

Resenha: After Dark (Night Owl #3) de M. Pierce

after dark

After Dark (Night Owl 3) de M. Pierce

ebook, 272 páginas

Editora: St. Martin’s Griffin

Data de Lançamento: 24 de março de 2015

Idioma:Inglês

Sinopse

Matt Sky está tentando voltar para uma vida normal após ter falsificado sua morte e ter voltado a vida. Ele e Hannah voltam a morar juntos, e Matt tenta acalmar seus demônios enquanto luta para fortificar seu relacionamento para algo duradouro e honesto. Mas, cada vez mais que eles se envolvem, e a paixão entre eles se intensifica em todas as formas possíveis, o desejo que Matt tem por Hannah desperta fantasias que estavam adormecidas por um longo, longo tempo …

Hannah finalmente tem a vida que sempre quis: ela está batalhando pela sua carreira de agente literária na Granite Wing, ela está escrevendo o seu primeiro livro, e está morando com seu sexy e apaixonado namorado. Mas quando Matt  e Hannah exploram novas intimidades, Hannah descobre partes de Matt – partes incontroláveis e selvagem – que ele ainda tem que mostrar a ela… que ele ainda tem que mostrar para alguém… Abaixo da superície da vida doméstica e alegre de Matt e Hannah vivem segredos bem enterrados, e de repente, obstáculos imprevisíveis ameaçam quebrar tudo o que eles construíram duramente até agora.

********

Leitor@s,

“Tudo o que é bom dura pouco” , diz famoso ditado popular. Eu, hoje, entendo essa mensagem plenamente. Acabei de ler After Dark, último livro da trilogia Night Owl de M. Pierce.

Isso mesmo, prezados leitores e leitoras! É com um enorme pesar que informo que a história do controverso escritor Matt Sky e da doce agente literária Hannah Catalano chega ao fim em de 24 Março de 2015. 😦 Sniff!! Mas….a trilogia fecha com chave de ouro. Uma história emocionante, onde segredos e fatos inesperados desafiam os relacionamentos dos personagens.

Matt Sky e Hannah Catalano se conhecem em um fórum online de escritores, e se tornam parceiros anônimos na redação de um livro de ficção. O anonimato não dura muito tempo, e quando eles se conhecem pessoalmente, uma paixão avassaladora, sexy e pertubadora é vivida intensamente por ambos.

Veja aqui minha resenha de Night Owl, primeiro livro da trilogia, onde conhecemos ambos personagens.

After Dark inicia exatamente onde Last Light (Night Owl #2) terminou. Hannah pedindo Matt em casamento, e Matt enfretando um de seus mais temíveis pesadelos: falar para uma enorme audiência em um programa de televisão sobre sua vida pessoal! Depois de um momento de desorientação, Matt anuncia para todos na audiência que ele e Hannah irão se casar. Matt honestamente acredita que o pedido de Hannah é na verdade um grande esquema de publicidade para desviar a atenção pública das dificeis explicações sobre sua falsa morte (evento em Last Light).

O problema é que as intenções de Hannah eram totalmente verdadeiras, e a desatenção de Matt em relação a isso causa grandes desconfortos no relacionamento deles. Adicionalmente, desejos e fantasias não muito convencionais de Matt ressurgem com força total, e ele tem dificuldades de lidar com os mesmos.

Os irmãos de Matt, Seth e Nate (yeahhh!!), também estão presente em After Dark com um enredo emocionante e totalmente surpreendente! Eles protagonizam acontecimentos totalmente inesperados que afeta profundamente a trajetória do enredo da série.

Como nos dois livros anteriores, After Dark é a um metaromance, isto é a história dos personagens escrevendo o livro que você tem em suas mãos. O que torna ainda mais intrigante que o desconhecido M. Pierce (autor ou autora da série Night Owl) é o pseudônimo que o personagem Matt Sky usa para escrever seus livros.

Para quem gosta de leitura erótica, After Dark possui cenas para lá de picantes. Matt está mais boca suja do que nunca, e conhecemos um lado dele que deixa Mr. Christian Grey (personagem da famosa série 50 tons de cinzas) para lá de aquém! 🙂

biblioteca

Eu super recomendo a série Night Owl se você está interessado(a) em ler um romance envolvente, intrigante, e sexy.

Minha Nota: A

One encontrar After Dark?

Aqui —–> http://www.amazon.com.br/After-Dark-Night-Owl-Trilogy-ebook/dp/B00JTIOXN4/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1424392317&sr=8-1&keywords=M.+Pierce


Deixe um comentário

Série: Reapers MC de Joanna Wylde

Depois de assistir a primeira temporada de ” Sons of Anarchy”, e ser totalmente seduzida por Jax. Resolvi dar uma chance para romances cujo personagens principais são motoqueiros bad-boys fora-da-lei. Resultado: amor e ódio.  Li alguns livros das listas Bikers e Heros in Motorcycle Clubs do Goodreads para ter uma noção da diversidade de enredos nessa categoria, e apesar de “namorar um bad-boy” ser literariamente excitante, muitos livros possuem personagens fortemente misóginos. Bléé uuuuu! :-Z

Se já entorto os olhos quando leio diálogos como “Você é minha (ou meu)” nos romancesimagine o desgosto de ler uma situação em que o “herói” presenteia a “heróina” com um colete escrito Propriedade de Fulano. Mas o absurdo não acaba aí, ele justifica que o colete também é a segurança que heroína não será assediada sexualmente nas festas/eventos que ambos frequentarem. Já que, sem o colete, ela seria vista como jogo aberto para os homens presentes!!!!!!

A situação acima é parte do enredo de Reaper’s Property, o primeiro livro da série Reapers MC. Os livros desta série são bem escrito, personagens bem contruídos, enredo bem redondo e cenas eróticas pra lá de picantes, masss os posicionamentos misóginos dos personagens foram meio que um balde de água fria em minha motivação pela série.

A autora, Joanna Wylde, alcançou a tão valorizada lista “Mais Vendidos do New York Times” tanto com Reaper’s Property, quanto com Reaper’s Legacy (segundo livro da série). Mais outros dois livros já possuem data de lançamento previstas. A série ainda não existem em português.

Segue a ordem de leitura da série Reapers MC:

  1. Reaper’s Property (2013)
  2. Reaper’s Legacy (2014)
  3. Devil’s Game (data esperada de publicação: 3 de junho de 2014)
  4. Reaper’s Stand (data esperada de publicação: 2 de setembro de 2014)

R1 R2 R3 R4

 

 


2 Comentários

Taint de S.L. Jennings

PARA TUDO!!

Temos capa e data de lançamento para Taint de S.L. Jennings. Ebaaa!!

Li a sinopse deste romance a alguns meses atrás (e, leitores, QUE sinopse), e fiquei totalmente “Ó Meus Deus, preciso deste livro agoraa!” Então, saber que minha espera tem dia e hora para acabar me deixa muito muito feliz.  Taint (que a tradução em português poderia ser Mácula, Mancha) demorará para chegar nas livrarias brasileiras. Mas para quem curte ler em inglês, não deixe de incluir esse livro em sua lista de “Livros para Ler”.

Chega de blá blá blá. Segue a capa e sinopse traduzida do livro. Ah! O lançamento da versão em inglês é dia 20 de Maio de 2014. Tic tac tic tac!

coverTaintSinopse

Nesse momento, você está provavelmente se perguntando duas coisas:

Quem sou eu?

E, Que diabo é que você está fazendo aqui?

Vamos começar pela pergunta mais óbvia, certo?

Você estão aqui, senhoras, porque vocês não conseguem f*der.

Oh, pare com isso. Não estremeçam. Ninguém abaixo de 80 anos se assusta com isso.
É melhor você se acostumarem, porque nas próximas seis semanas , você irá escutar esta palavra bastante. E você irá pronunciá-la bastante.
Vá em frente, experimente-a em sua língua.
F*der. F***der.

Ok, bom. Agora, onde nós estamos?

Se você se matriculou nesse programa então você está inteiramente ciente de que você é ruim na cama. Bom para você. Admitir isso é meio caminho da batalha.

Para aquelas que foram enviadas para cá pelos seus maridos ou parceiros, enxugue suas lágrimas e supere isso. Vocês foram presenteadas, senhoras. O presente de um sexo de subir pelas parede, alucinante, indutor de múltiplos orgasmos. Você tem a oportunidade de f*der como estrela porno. E eu garanto, vocês irão, quando eu finalizar com vocês.

E quem sou eu?

Bem, pelas próximas seis semanas, Eu serei seu amante, seu professor, seu melhor amigo, e seu pior inimigo. Seu qualquer madilta coisa. Eu sou aquele que irá salvar sua relação e vida sexual.

Eu sou Justice Drake.
E eu transformo donas-de-casa em vadias.

Agora…quem será a primeira?


Deixe um comentário

Série: Irresistível de Christina Lauren

Mais uma série que é de acelerar o fôlego e aquecer as roupas íntimas. A série Irresistível é sexy, sexy e…. (mais um vez para não deixar dúvidas) sexy.

Christina Lauren, pseudônimo para as autoras Christina Hobbs and Lauren Billings, inicialmente publicaram online um fan-fiction erótica de Crepúsculo chamada “A Firma”. A fan-fiction se tornou tão popular que uma editora comprou os direitos para publicá-la como livro em 2013, e posteriormente como série.

O primeiro livro, Cretino irresistível, conta a história da paixão avassaladora entre um estagiária ambiciosa – Chloe Mills, e seu lindo, cabeça-dura,  mulherengo chefe – Bennett Ryan. Os livros seguintes relatam como os melhores amigos do então casal Chloe e Bennet encontram seus respectivos amantes. Ao total são 3 livros e 3 novelas. E um filme está a caminho (eba!).

A leitura é dinâmica e contagiante. Há troca de narrador a cada capítulo: Ora vemos o mundo sob o ponto de vista do rapaz, ora da moça. Eu acho que a série vai melhorando substancialmente com o passar dos livros. Não curti muito o livro 1, mas o livro 3 – Playboy Irresistível, é muito bom. As autoras conseguiram um dose certa entre romance, humor e erotismo na história de Will e Hannah.

Segure a ordem de leitura:

  1. Cretino Irresistível – Chloe e Bennet
  2. Cretina  Irresistível – Novela: um feriado de Chloe and Bennet
  3. Estranho  Irresistível – Sara e Max
  4. Paixão  Irresistível – Novela: um final de semana em Vegas
  5. Payboy  Irresistível – Will e Hannah
  6. Beautiful beginning (ainda sem tradução para o português) – Novela: casamento de Chloe e Bennet

 

No Brasil, a série é publicada pela editora Universo dos Livros. Essas são as capas:

paixao_irresistivel_1541estranho_irresistivel (1)cretina_irresistivel (1) playboy_irresistivel

 

 

 

 

 

E você, o que acha? Qual é o seu livro favorito?

Maria W.

 


8 Comentários

Série: New Species (Nova Espécie) de Laurann Dohner

Leitores e leitoras,

Se tem alguém especialista em deixar cuecas apertadas e calcinhas ensopadas com apenas palavras escritas é Sra. Donher. Sua série de livros New Species (Nova espécie) publicada pela editora Ellora’s cave combina um enredo interessante com uma dose perfeita de romance, humor e erotismo.

Nova espécies acompanha a vida um grupo de pessoas criadas por uma empresa farmacêutica, Mercile, a partir de experimentos genéticos ilegais e anti-éticos. Inserindo DNA de animais (principalmente grandes caninos, felinos e primatas) em ovos fecundados humanos, Mercile criou centenas de pessoas em laboratório e as manteve secretamente prisioneiras nos laboratórios para uso em pesquisas por muitos anos.

O primeiro livro da série nos apresenta esse grupo de pessoas, já adultos (cerca de 30 anos), após alguns meses de sua descoberta e libertação. Por possuírem DNA animal, eles não se consideram humanos (Homo sapiens), mas sim Nova espécie. Eles criam seu próprio governo (NSO – New Species Organization) e vivem em territórios autônomos (apesar de estar geograficamente dentro dos EUA).

Cada livro foca na história de amor entre um macho Nova espécie (sim, vocês leram corretamente – macho. É como eles chamam o nova espécie do sexo masculino) e uma mulher humana (na maioria dos casos). Entretanto, ao desenvolver da série, nós acompanhamos como eles (nova espécies) se organizam como sociedade, garantem seus direitos, adaptam-se a vida em liberdade, e lutam contra o preconceito e xenofobia.

Eu super recomendo essa série. Confesso que já li pelo menos duas vezes cada livro, e o livro do meu nova espécie favorito (OBSIDIAN, yeahhh!) pelo menos umas quatro vezes 😉

Abaixo segue a ordem de leitura da série, e em seguida as capas dos livros:

  1. Fury
  2. Slade
  3. Valiant
  4. Justice
  5. Brawn
  6. Wrath
  7. Tiger
  8. Obsidian
  9. Shadow
  10. Moon
  11. True
  12. Darkness (sem data de lançamento prevista)

fury 3_optimageimageimageimageimageimageimageimageimage